terça-feira, 10 de junho de 2014

Malévola (Maleficent): O outro lado da história

Não tenha medo



É a Disney modernizando os contos de fadas

Contos de fadas são uma variação do conto popular ou fábula. Charles Perrault (e outros) "deram a vida" em diversos contos populares, amenizando muita coisa e transformando-os nos que conhecemos, entre eles a história da A Bela Adormecida.

Esta nova versão do conto da A Bela Adormecida concentra-se na história da vilã Malévola, contando os fatos de sua vida que fizeram dela uma mulher amargurada e vingativa, capaz de amaldiçoar a jovem Aurora.


Vendo pelo lado realista A Bela Adormecida é na verdade uma péssima história, especialmente para as meninas dos dias atuais, porque conta sobre uma mocinha passiva que passa parte da trama dormindo, uma fada rancorosa que busca vingança por não ter sido convidada para uma festa e, no fim, o dia ainda é salvo por um homem que a princesa mal conhece e eles vivem felizes para sempre.

Neste filme, o que vemos é uma versão nova, totalmente repaginada e mostrando o que gostamos de ver: o outro lado da moeda. Malévola, personagem fascinante e vilã aterrorizante da Disney é a protagonista desta  versão de A Bela Adormecida, que nos mostra eventos que antecedem a queda da personagem para o lado negro, mostrando seus reais motivos para tanta maldade no coração.


A personagem aliás, representa todos os lados de um ser humano, embora ela mesma não seja humana. Malévola é uma fada, apesar de ter chifres. Ela era uma jovem que se parece bastante com os jovens de hoje, até ser vítima de uma traição, tornando-se obscura e perdendo sua humanidade para depois reencontrá-la. Angelina Jolie soube exatamente representá-la com toda a sua profundidade, sendo uma mulher real, forte e capaz. É Malévola que também dá um novo sentido para o "amor verdadeiro" tão presente em diversos contos de fadas. 

Destaco aqui a participação mais que ilustre de Vivianne, filha de Jolie para uma cena do filme. Essa participação tornou-se necessária justamente porque todas as outras atrizes mirins morriam de medo quando viam Malévola, por causa de seus chifres. É algo que acontece o mais natural possível e nota-se que ambas se divertiram na construção da cena.


Outro destaque fica para a regravação da música tema Once Upon a Dream, criada originalmente para a animação de 1959, onde a interpretação ficou a cargo da cantora Lana Del Rey, dando mais sobriedade para o filme como um todo. Lana Del Rey - Once Upon A Dream (From Maleficent/Audio Only)

Este filme não se trata apenas de mostrar a redenção de uma vilã, mas de mostrar outras camadas de uma personagem fascinante que ficou fenomenal na atuação de Angelina Jolie recontando um conto que estava um pouco enferrujado. Aliás, essa é minha aposta para um Oscar de Melhor Atriz em 2015.

Malévola é um daqueles filmes para se ter casa e rever sempre.

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Concordo com vc. Um excelente filme.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, eu li muitas coisas desse filme, mas sempre resenhas positivas! Muito fofa essa foto coma filha da Jolie! Adorei! Mas acho que filme da Disney para melhor atuação é difícil, a academia sempre gosta de um drama mais..... sei lá, mais dramático kkkkkk mas quem sabe né?


    Bjs, Michele

    ResponderExcluir
  3. Eu, particularmente, prefiro os vilões, então, adorei essa ideia. Já estou querendo assistir. rs

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho

    ResponderExcluir
  4. Ainda não pude ver o filme ç-ç~ infelizmente. Mas pretendo muito ver. Só que me falaram que o 3D não vale a pena.

    Li um texto bem interessante da figurinista falando das roupas da Aurora - do motivo de ser tão diferentes da animação. Bem interessante.

    Sobre o conto original, tem um pequeno detalhe a ser mencionado: a Bela Adormecida é estuprada pelo principe durante seu sono e quando ela acorda ela já tem filhos. :X

    bjs!

    ResponderExcluir

Opinem, comentem, compartilhem, façam como o filme "A Corrente do Bem" e passe adiante!


E Por favor! Sem palavras de baixo escalão, ou que possa denegrir qualquer pessoa. Lembre-se, quem escreveu o post é uma pessoa igual a você (nem melhor e nem pior). Comentários deste tipo serão deletados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...