quarta-feira, 6 de março de 2013

Primeira Impressão do mangá Diário do Futuro (Mirai Nikki)

Olá minna!!

O que você faria se pudesse ver o futuro na tela do seu celular?


A Editora JBC está apostando bastante nesse ano de 2013. Com três lançamentos (ainda a comentar) e um ainda por vir neste mês de março (Level E), a Editora mostra que se preocupa não somente com números, mais com seus fãs, trazendo cada vez mais mangás para ao Brasil. E mangás relativamente novos, que tiveram sua versão animada exibida à pouco tempo no Japão.

O X da questão hoje é mostrar a Primeira Impressão de Diário do Futuro (Mirai Nikki).

Como foi falado aqui no blog anteriormente sobre os próximos lançamentos da JBC, talvez este post seja mais para comprovar se tudo o que foi anunciado a cerca do mangá confere.


A HISTÓRIA

"Yukiteru Amano é um aluno do ginasial que escreve um diário em seu celular. Certa manhã, ele encontra o seu diário já escrito com os acontecimentos do futuro. Ao ler até o fim, se depara com a previsão da própria morte. Sem perceber, ele foi forçado a participar de um "jogo de sobrevivência" que envolve outros diários do futuro. Foi dada a largada para jogo mortal entre os 12 portadores". Retirado da contra-capa do mangá nacional.

Quando comecei a ler cheguei a ficar assustada com todo esse enredo, principalmente no mundo que vivemos hoje onde postamos tudo o que fazemos, na hora em que fazemos  em redes sociais, seja ela o Twitter, Facebook, Foursquare ou Instagram. Mesmo que seja impossível isso acontecer, a possibilidade passou pela minha cabeça e me deixou assustada. Ás vezes, dependemos tanto da tecnologia que nos tornamos escravos dela, imagine se ela controlasse nossas ações? Ou mostrasse, como na história, coisas que ainda irão acontecer.

Além disso, Sakae Esuno, que parece não ter sexo definido - pelo menos para mim -, soube utilizar muito bem esse artifício de ter um Diário do Futuro. Além da luta por sobrevivência, que consiste basicamente em não ser encontrado e caso isso ocorra é provável que você morra, foi definido, de acordo com a personalidade da personagem e consequentemente no tipo de diário que a pessoa mantinha, o tipo do mesmo. Como se fosse suas habilidades no jogo, além é claro, da perícia de cada um. 

Por exemplo, logo no começo, vemos que Yukitero escreve em seu diário somente o que observa, sendo assim seu diário o de "observador". E é curioso que somente no primeiro volume já descobrimos cinco tipos diferentes de diário.

Mesmo que o mangá já tenha uma linha a seguir, fica imprevisível saber qual direção a história irá tomar, mesmo que alguns detalhes já tenham sido esclarecidos. 

A EDIÇÃO BRASILEIRA

Mirai Nikki veio com seu título traduzido literalmente, para Diário do Futuro. Vi muita gente reclamando quanto a isto em páginas por aí. E poxa, Mirai Nikki é Diário do Futuro. E a JBC, bem como Cassius Medauar frisou, o fato se deve para que novos fãs e também para os jornaleiros possam conhecer a obra. Já aconteceu muito comigo de não comprar um mangá porque o próprio jornaleiro desconhecia o nome. Se a pessoa não é acostumada, como nós fãs, fica difícil.

A edição brasileira não deixa a desejar e está maravilhosa para os padrões atuais. Além da capa de laminação fosca, o mangá tem páginas iniciais coloridas e possui mais de 200 páginas. O papel utilizado na impressão é o brite 52g (aquele papel de jornal um pouco mais branco e mais resistente) e possui também impressão nas capas internas. A arte ficou belíssima. A contra capa vem com uma imagem dos portadores. O primeiro volume vem com uma imagem do Yukiteru Amano e como serão 12 volumes, haverá espaço para cada um.

A periodicidade do mangá é mensal e seu preço (R$13,90), devido ao sucesso alcançado pelo mangá em 2012 - com muitas críticas alheias - e à qualidade atual não está caro. 

PORQUE VOU CONTINUAR COMPRANDO

Porque, além de poder ajudar nas vendas, o que faz com que a editora se empenhe em lançar coisas mais legais para nós, além de poder ter o mangá em minha estante é o fato da história cativar tanto. Mesmo sendo simples, "um jogo de sobrevivência" parece-me que as personagens, cada qual com sua personalidade são únicas. Pessoas "auto-excluídas" da sociedade, stalker, terroristas e muito mais vão aparecer nessa história. Ver tantas singularidades em um único lugar e num mangá relativamente curto é quase que uma exclusividade, ainda mais para um mangá/anime de sucesso.

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Eu AMEI o anime, e acho que o mangá não vai me decepcionar neste quesito. Só acho que irei a falência porque tenho outros 3 para completar! T____T

    ResponderExcluir
  2. Parece interessante. Preciso escolher algum mangá para acompanhar de perto.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom Nath! Adorei a matéria!

    ResponderExcluir
  4. Eu sou mal e não compro mangás nacionais. Acabado lendo muito mangá de biblioteca, então os motivos para eu comprar é muito baixo. A opção de lançar Mirai Nikki é para a maior divulgação, mas acho o mangá em si muito fraco. A estória me cativou num primeiro momento, mas sempre com pé atrás, achei meio para o fim horrível e isso me motiva a não cobrar. Atualmente aposto mais numa L&PM do que na JBC.

    ResponderExcluir
  5. Saudações


    Seu post ficou muito bom, Naty. Mas peço para que dê uma olhadinha em alguns pontos dele, cuja concordância não foi bem aplicada (sou chato, pode ignorar esta parte se desejar).

    No mais, tanto o resumo da história da obra, como também os motivos enfatizados por ti para comprar o mangá, acabei vendo com ótimos olhos. Infelizmente a temática e a história de Mirai Nikki não me agradam, de modo que sequer planejo comprar tal mangá.

    Mas isto em nada diminui o seu trabalho no post, amiga Naty. Continue neste caminho, que está ótimo!^^


    Até mais!

    ResponderExcluir
  6. Mirai Nikki é um mangá muito bom, mas o que está inviabilizando sua aquisição é o mesmo de todos: o valor!!!

    O mercado brasileiro está sendo atolado de mangás de boa qualidade e tudo mais que o publico pede... mas o exarego de mangas acaba atrapalhando as finanças das pessoas.... sério... se deixar tem neguinho que gasta todo o o salário com mangás!

    Hora de rever as estratégias de vendas, não é?

    ResponderExcluir

Opinem, comentem, compartilhem, façam como o filme "A Corrente do Bem" e passe adiante!


E Por favor! Sem palavras de baixo escalão, ou que possa denegrir qualquer pessoa. Lembre-se, quem escreveu o post é uma pessoa igual a você (nem melhor e nem pior). Comentários deste tipo serão deletados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...